sexta-feira, 30 de novembro de 2012

O que penso



Na minha mão,
Cabe o teu coração.

Se me quiseres conquistar,
Tens que jurar,
Me amar.
 
Um lugar no céu vais ter,
Sou eu que te estou a oferecer,
Nem que para isso eu tenha de morrer.
 
Um dia vou-me apaixonar,
E sonhar,
Que estou a passear,
Á beira-mar.
 
O que eu estou a pensar.

quinta-feira, 29 de novembro de 2012

Tu



Tu és,
Como as marés.
Que sobem,
E descem.

Guardas um segredo,
Do qual não devias ter medo.
 
Hás de me revelar,
O que me ade alegrar,
Ou talvez magoar.
 
És uma pessoa escondida,
Da sua própria vida.
 
Mas és simplesmente Tu.

Uma flor



 

Uma flor,
Um grande amor.
 
Quando te conheci no jardim,
Dançaste logo para mim.
 
Quando na jarra te fui pôr,
Só encontrei uma pétala do teu amor.
 
Porque fugiste tu de mim?
Porque na nossa amizade queres pôr um fim?
 
Nunca mais te voltarei a ver,
Mas gostaria de saber,
Ao menos, o que andas tu a fazer.
 
Uma flor,
Um fim de um louco amor.

A amizade


É como uma flor a cantar,
Que nos está a relembrar,
“Enquanto amigas andávamos a estudar”.
 
A amizade,
Trás felicidade,
Trás bondade.
 
Eram bons tempos,
Aqueles velhos momentos.
 
Hoje tudo é diferente,
Mas ainda te tenho na mente,
E no meu coração.
 
A amizade que tenho dentro do meu coração,
É como uma embarcação.

 
Mas o melhor do mundo é ter uma amiga como tu.
 
 
 
 
 
 
 
Da minha autoria:Emília Silva

 

Sim ou Não?


 



Sim, não, sim, não,
Será que na palma da minha mão,
Cabe um cão?
 
 Sim, não, sim, não,
 Será que vou ser picada por um aranhão?´
 
  Sim, não, sim, não,
  “E agora, será que vou aprender a lição?”
 
  Sim, não, sim, não,
  Será que vou gostar de camarão?
 
   Sim, não, sim, não,
   Será que vou cair ao chão,
   Com tantos pontos de interrogação?
 
 
 
 
   Autoria de: Emilia Silva(eu).