Blogs de Portugal

sexta-feira, 12 de abril de 2013

Receita da felicidade


Vamos lá começar a cozinhar!
 
Vamos precisar de dez quilos
De honestidade,
Mais trinta quilos
De verdade,
Uma pitada de loucura,
Cinco quilos
De ternura,
Uma gota de brincadeira,
Dez quilos de solidariedade,
Umas raspas de lealdade,
Vinte quilos de amizade,
Cinco quilos de humildade,
E por fim, antes de deitar sobre tudo,
30 Quilos de amor,
E mexer muito bem.´
 
A nossa receita já está
Pronta,
Só falta levar
Ao forno,
E esperar,
Para podermos saborear,
A felicidade.
 
Plim!
Está pronta.
 
Hum!
E que boa que é!
 
Querem um bocadinho?

Paixão flutuante


Quando te conheci,
Parecia que não eras para mim,
Mas eu apercebi-me
Que era uma ilusão minha,
E já terminou o tempo
De ficar sozinha.

Eu não queria acreditar,
Quando nos começamos a falar.

Eu vi crescer um sentimento,
Que para mim voaria
Com o vento.
Mas ele ficou
E provou
Que entre nós não havia só amizade.
 
Começamos a sair
E aí eu
Comecei a querer esconder
O sentimento
Que estava a sentir.
Mas eu não podia
Dar-te uma ilusão
E continuar a mentir.
 
Porque te amo?
Eu não sei,
Mas para poder estar
Junto do seu corpo
Eu tudo farei.
 
Contigo,
Eu sinto-me protegida,
Sinto-me amada,
Sinto-me abrigada.
 
O melhor de tudo,
É estar com alguém
Que por mim está apaixonado
E com quem quero para sempre
Ficar acordada
E apaixonada
Tu não me magoas
Como certas pessoas,
Por tudo isso
Eu AMO-TE!