segunda-feira, 31 de agosto de 2015

Ser Português

Ó Portugal,
De nossos olhos
Caem mil orgulhos
Por te vermos
Tão único
E lindo,
Ó meu pais,
Ser português
É mais do que
Crescer em ti
A nossa raiz.

Quem te reconhece
Logo sabe que amas
Quem te sabe amar,
Ó Portugal,
Aí que belo mar
Vós tendes.

As tuas cidades,
O teu vinho,
A tua paisagem
Só te dão felicidades,
Quem olha não se cala
Por tal beldade te pertencer,
Somos um pais guerreiro
Cujo objetivo é vencer.

Ser português,
Afinal é fortalecer na alma,
O que não sai do coração,
É lutar contra tudo,
E contra todos, juntos
Pela nossa nação.

Reage

Anda,
Ajuda-me,
Eu não te posso perder,
Ainda é cedo
Para te ver ir,
Eu não hesitava,
Se te pudesse salvar,
Eu salvaria.

Reage!
Sente a força
Que exerço
Em ti,
Tu és tão importante,
Anda para aqui!

Isto não é o fim,
Pois não quero acreditar,
Reage,
Não me voltes
A fazer chorar,
Eu não te quero perder
Quero fugir,
Tu não me podes
Resistir.

Reage,
Estou á espera,
Ainda não chegou
A hora,
Não chegou
A Primavera.

Reage...

Eu ainda acredito

Acredito que tu
Ainda vais ficar,
Eu prefiro iludir-me
Do que desistir
De ti,
Porque eu sou mesmo
Assim,
Não vais partir
Mas sim residir
Em mim,
Tu és forte,
Mantenho-me fiel
A esta situação
Tão cruel
Até á morte,
Viverás diariamente
E eternamente
No meu coração.

Eu ainda acredito.