quarta-feira, 31 de julho de 2013

Fim de um ano


As palavras partiram
E agora,
Só resta um dia,
Para disfrutar,
Até acabar a alegria.
 
Último dia de diversão,
Também um pouco
Inundado,
Por cada rio de saudades
Derramado.


Não sei,
Se hei de sorrir,
Ou atá chorar,
Só não quero de vocês me separar.
 
Acabou um período
Menos duradouro,
Acabou o melhor momento
Foram-se tempos,
De ouro.
 
Agora,
Só me resta dizer,
Que vos adoro,
E que vou ter saudades,
Até vos voltar a ver,
E ter novidades.


Obrigado,
Por sugarem,
Cada lágrima derramada,
Por cada luz,
Iluminada.
 
Por furarem
Uma saída,
Por darem um novo sentido
À minha vida.
 
Obrigado,
Por me darem
Cada ombro amigo,
Por em cada momento,
Solucionarem
Um abrigo.
 
Obrigada,
Malta marada.
 
Oitavo cê,
Sempre será
O melhor que se vê.

domingo, 21 de julho de 2013

Inocente


Saio á rua,
Todos me apontam o dedo,
Pelo que não fiz,
Fiquei com medo,
Disse o que não quis.
 
Todos me olham
E culpam,
Por erros,
Que não fui eu
A cometer.
Todos me incriminam,
E eu fico perdida,
Sem nada a fazer.
 
Mas eu sou inocente,
Eu sou livre,
Mas ninguém quer perceber,
Fico sozinha,
E até tu te vais,
Sem nada para me dizer.
 
Todos me desprezam,
E fogem quando me veem,
Estou desiludida,
Por estas ruas,
Perdida.
 
Eu sou inocente,
Metam isto na vossa mente.

segunda-feira, 15 de julho de 2013

Nunca pensei


Eu nunca pensei,
Que fosse assim,
Tão de repente,
Quando te olhei
Num período de tempo
Inconsciente.
 
Parecia,
Que o tempo
Tinha parado,
Quando te observei,
Com esse sorriso
Maravilhado,
Eu me hipnotizei.
 
Num intervalo,
Nós nos maravilhamos,
Por algo diferente,
Um sentimento
Que magicamos,
Algo inocente.
 
Agora não sei
Se é só vontade
De te conhecer,
Mas a minha
Única vontade
É de te poder ver.
 
Prova,
O que sentes por mim,
Demonstra-me
Se é bem assim.
 
Eu nunca pensei.

quinta-feira, 11 de julho de 2013

Tu mais eu


Entre brincadeiras,
De amigos,    
Ergueram-se
As bandeiras do amor,
E eu finalmente
Me apercebi
Que era ai,
Que eu deveria estar,
Era ao teu lado
Que eu me deveria situar.
 
Pensei ser,
Pura amizade,
E cheguei ao ponto
De me cegar,
Com tanta simplicidade.
 
Agora,
 Tu não és,
Apenas um sentimento,
És o meu raciocínio,
Também o meu pensamento.
 
És o motivo,
Da minha felicidade,
Foste da minha dor,
És por quem a minha amizade
Cresceu,
Fui quem contigo aprendeu,
A valorizar o sentimento.

domingo, 7 de julho de 2013

Sorrisos


Símbolo da felicidade,
Sorrisos,
Por estes tempos,
São uma raridade.
 
Um sorriso,
É tão fácil
Destruir,
É fácil de transformar,
Num rio
De lágrimas,
A persistir.
 
Sorriso de gente falsa,
Gente que só te sabe
Desprezar.
Sorriso criado,
Por gente
Que só te quer enganar.


Sorriso verdadeiro,
Com seu brilho
Derradeiro,
Sabe encantar,
É brilho de gente boa,
Gente que te quer
Encaminhar,
Para o bem,
Para ires mais além.
 
Sorrisos.

Tu(2)


Tu,
Tens muito significado,
Porque és meu amigo,
Agora namorado.
 
A tua boca,
Pronunciando
Que me amas,
Deixa-me louca.
 
O teu olhar,
De felino,
Faz-me relembrar
Os teus momentos,

Quando eras pequenino.
 
A tua forma
De me tocar,
A tua maneira
De me aconchegar,
Fazem-me viajar.
 
Quando estou contigo,
Os meus medos,
Desvanecem,
E os meus problemas
De mim se esquecem.


Eu estou apaixonada,
Deixem-me ser feliz,
Amar e sem amada!

terça-feira, 2 de julho de 2013

Amor


É um sentimento,
Que se prova com atos,
É um momento,
Que pode trazer
Alguns maus tratos.
 
Uma fase,
Uma etapa,
Alguns para se orientar,
Necessitam de mapa.
 
Conjunto de emoções,
Dois corações,
Que se amam de verdade,
Mas por vezes,
Esquecem-se,
E com muita facilidade.
 
Primeiro amigos,
De seguida namorados
Depois dois abrigos,
E no final,
Acabam separados.
 
Amor,
Não é só,
Uma pequena flor,
Mas por vezes
Uma grande dor.
 
Amor,
É o sentimento,
Mais desejado,
E eu não quero,
Que seja odiado.
 
Amor.

Não


Não,
Uma pequena palavra
Que fere o coração.
 
Três letras,
Uma negação,
Com intuição.
 
Palavra ruim,
No entanto abençoada,
Todos se lembrarão
Do não,
Palavra nunca apagada.
 
Decisão,
Oposição,
É apenas um simples,
Não!