quinta-feira, 30 de julho de 2015

Enche-te de coragem...

Enche-te
De coragem e vai,
Pois esse teu olhar
Nunca cai,
E dele suspende-se
A tristeza,
Viva por dentro,
Por fora com fraqueza.

Enche-te de coragem...
E vai,
Por esses montes
Verdes amarelados,
E que esses teus olhos
Escuros,
Não sejam encontrados.

Volta,
Enche-te de coragem.
E volta a ir,
No longínquo
Oriente vejo
O teu sorriso
A pedir
Que vás,
Mas que por entre
Esses abro-lhos
Vás atrás
E sejas capaz
De me voltar
A encontrar,
A amar,
E a suspirar,
Pelo meu ser,
Ó meu homem
Por ti hei de morrer.

Enche-te
De coragem e vai...
Porque descalço
Pela cinza,
Tudo muda
De cor,
Até o amor
Que era espinho,
Se torna flor,
Enche-te de coragem e vai...

Carta final

Esta é a carta
Onde conto
Como te deixo,
Sei que é difícil,
Mas eu também
Não me queixo.

No fundo,
Sabes que eu
Já queria ir
Há muito tempo,
Deixa-me ir,
Vá lá!

Eu irei continuar
A cuidar de ti,
Longe mas perto,
Sabes que este assunto
Há muito estava descoberto.

Desculpa
Se te magoei,
Ou maltratei,
Não era a intenção,
No fundo queria
Partilhar o meu amor,
O meu coração.

Adeus,
Um dia
Saberás o porquê
Desta carta,
No final,
Isto é só mais
Uma simples marca.

Eu estava
Com saudades,
Desculpa...
Adeus!

domingo, 26 de julho de 2015

ATENÇÃO!

Olá, boa tarde, vim por este meio anunciar aos meus caros, visitantes e seguidores do meu blog, o meu outro novo mundo.Se gostarem sigam e divulguem, ainda estou no inicio e preciso do vosso apoio.Com os meus cumprimentos, Emília Silva.

Link: http://thenewcriation.blogspot.pt/