quarta-feira, 23 de outubro de 2013

O último adeus

O sino da igreja,
Marca as nove horas,
Hora da despedida,
Do último adeus,
Antes que percas a vida.

Dói olha para ti,
E ver que até
Para partir,
Tens data e hora,
Se isto vai mesmo acontecer,
Eu também quero ir,
Sem despedidas,
Sem lágrimas,
Sem dor,
Agora,
Sem demora.

Não vivemos
A vida como planeamos,
Somos diferentes,
Mas no entanto
Tão iguais.

Ficaram tantas coisas,
Por revelar,
Segredos,
Mistérios,
Um coração que não soube amar.

Último adeus,
Secretamente um até já,
O que fiz para ir contigo,
Agora ninguém impedirá.

Adeus.

quarta-feira, 16 de outubro de 2013

Perto do fim

NOTA:Caros leitores, desculpem-me a demora,  mas não pude vir publicar tão rapidamente, pois relembro-vos que estou em época de escola. Espero que gostem desta pequena surpresa.Comentem.Bjs e um bom resto de dia.
_____________________________________________________________________________________

Tantas discussões,
E males entendidos,
Vejo o fim
A aproximar,
Fico com medo
Do que poderá acontecer,
Fico com medo
De tudo acabar.

Parece tudo
Tão confuso,
Que a culpa
Não é de ninguém,
Fico triste
E perdida,
Eu já me cansei
De estar bem.

Pareço doente
E ridícula,
Ao escrever
Algo que para ti
É mentira,
Mas a verdade
É que não fico bem
Se de mim
Alguém te tira.

Perto do fim,
É uma verdade,
Ou uma mentira,
Não me digas
Que sou doida
Porque aqui
Não sou eu
Quem delira.

Perto do fim,
Uma frase,
Uma previsão,
Um bocado de mim.