Blogs de Portugal

segunda-feira, 10 de junho de 2013

Obsessão


Quantas amizades
Eu destruí,
Por pensar
Que estava apaixonada
Por ti.
 
Quantas verdades,
Eu não quis ouvir,
Por pensar que era
Uma questão de tempo,
E esta incerteza iria
Embora com o vento,
E não ficaria a impedir o momento.
 
Quis fechar os olhos,
Para o que se encontrava
À minha frente,
Tu eras tão essencial
Para mim,
Que em vez
De te guardar no coração,
Guardei-te na minha mente.
 
Tive consciência,
Que o que fiz
Não estava correto,
E contei-te
O que se passava,
Que não queria alguém,
Que me desviava.
 
Estava obcecada.

1 comentário:

  1. Boa tarde, tudo bem?
    Entrei para conhecer seu cantinho, parabéns está lindo e muito organizado, Já estou seguindo. Depois passa lá no meu para conhecer também e se puder siga de volta, muito obrigada, bjs
    http://encantosempontocruz-barbie.blogspot.com

    ResponderEliminar